^*^ ..:~Caverna Ða Mor¢ega~:.. ^*^


Ois!
 
Eu estava devendo à Majô a foto da frasqueira.
A brincadeira foi no VnV e ela virou prêmio-berimbau, que é uma coisa que você acaba carregando em uma viagem e se arrepende na hora que chega no aeroporto.
Aí vai a foto da belezinha:
 
 
Esta semana e a próxima ando bem enrolada, não tem dado para postar e quando dá estou tão cansada que só me resta dormir.
Por isso, não esperem grandes posts por aqui - mesmo que eles nunca aconteçam, sei que vocês não perdem a esperança.
Ah, outro dia fui a um bar-boteco-restaurante muto legal aqui, com uma comidinha danada de boa também. Vou por as fotos do meu prato e da Kiki, que estava comigo. Não é assim um 'destemperados', mas indico o local.
Ops, quase esqueço, o lugar chama Veríssimo e fica no Brooklin. Ele é todo baseado no Luís Fernando Veríssimo, com seus desenhos, tiras, etc, por toda parte. Muito legal!
 
 


Escrito por ªMor¢ega In The Night® às 21h24
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
Eu enrolei um bocado para por estas fotos aqui.
Fiquei pensando se as pessoas achariam macabro ou depressivo.
Enfim, o lugar é lindo, os detalhes impressionantes.
Espero que gostem e que quem ainda não conheceu, que vá em sua próxima ida à Buenos Aires.
Ah, eu indico a Igrejinha da Recoleta após a visita e uma prece em sinal de respeito na pequena capela lateral.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 


Escrito por ªMor¢ega In The Night® às 22h03
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
E fim...
 
Infelizmente, pois Buenos Aires é uma delícia de cidade.
Os milhares de cafés, caminhar pelas ruas sem preocupação, se perder pelas galerias e lojinhas, poder sair a noite sem perigo, linda no verão, misteriosa por trás da neblina no outono, colorida de uma maneira diferente, quase melancólica.
Buenos Aires é um lugar para se ir, sempre que possível, sempre que der, só pelo prazer de estar lá.
 
 
 
PS: ainda estou devendo as fotos do Cemitério da Recoleta.


Escrito por ªMor¢ega In The Night® às 14h15
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Continuação, Dia 4:
 
Depois disso, ônibus novamente e o catamarã.
Quando eu digo que cada viagem é uma surpresa, mesmo quando se vai pela 2a vez aos mesmos lugares.
Um dia totalmente diferente do ensolarado e calorento da outra vez e tive uma das melhores coisas desta viagem.
Somente nesta época do ano, por causa do outono, é possível vermos tantas cores nas árvores.
Estava lindo mesmo! E assim, a melhor série de fotos de palafitas argentinas chiquérrimas, a propósito.
 
 
 
 
 
 
 
 


Escrito por ªMor¢ega In The Night® às 10h55
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
esta foto é no caminho, de dentro do ônibus e aquilo ali é um pier!
 
Dia 4:
 
Eu não sabia bem porquê fui fazer novamente o passeio no Trem de La Costa e o posterior vinculado que é o de catamarã.
Achei que ia perder tempo com isso, mas tinha adorado San Isidro. Enfim, lá fui eu.
 
 
Um pequeno desvio aqui: vocês já viram como é engraçado um bando de turista seguindo um guia? Parecemos crianças de jardim de infância quando tem atividade fora da escola.
 
 
 
Foi o dia mais frio por lá, fazia uns 5C. A neblina estava por toda parte.
 
 
 
Foi ótimo, pois desta vez consegui ver a igreja por dentro, que tem seu estilo gótico e está em reforma.
Ela tem vitrais muito bonitos e uma pequena capela lateral, onde não se pode fotografar em sinal de respeito pelas pessoas que estão lá presentes.
 
 
 


Escrito por ªMor¢ega In The Night® às 10h51
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 
- Da Santa Fé, para a Recoleta.
 
Ali eu me esbaldei, claro. Fui ao Shopping, tirei fotos, entrei no Cemitério (não tinha feito isso ainda!) e mil fotos depois, fui para a Igrejinha.
Lá agora tem um museu pequeno, onde você pode visitar os claustros. Muito bonitinho, recomendo a entrada que custa apenas 2 pesos.
 
 
 
 
 
 
 
Dali para o Buenos Aires Design, que dá vontade de comprar inteiro, onde tomei outro café na The Coffee Store.
Estava uma porcaria! Pedi um que era gelado, com doce de leite e creme. Horrível, não era gelado o suficiente, parecia aguado, sem açúcar.
E viva o Starbucks!
 
foto do site do café ruim
 
 
 
 
Dali, mais umas 25 quadras e voltei para o Hotel, caminhando na neblina, com um frio danado.
Podre de cansada, ainda fui 'jantar' em um café que tinha ao lado dele.
 
 
Ah, as fotos do Cemitério eu colocarei em um post separadamente.


Escrito por ªMor¢ega In The Night® às 00h31
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Mudei de idéia, vamos continuar:
 
Dia 3
 
- Acordei um tanto tarde, um frio danado, catei um casaco, luvas e lá fui eu, como uma beduína, andar e andar.
 
 
- Peguei a Santa Fé e fui até El Ateneo.
 
 
A intenção era entrar como um raio, direto para o café.
Porém colocaram no meio do caminho uma daquelas bancas, a maior de todas, quase um playground, L O T A D A de quebra-cabeças.
Eu pirei! Eu não sabia se comprava os de obras de pintores, os de paisagem, os de animais, os de mapas, os de mapas antigos.
Quando ia saindo, já desistindo porque não conseguiria me decidir por nenhum, eis que dou de cara com este aqui:
 
 
Amor a primeira vista, não tive dúvidas! Catei ele antes que alguém visse, como uma criança que acha o último biscoito do pote.
Eu não sei se gosto mais de astronomia ou de mapas. Este junta os dois, pois tem os planetas, quase um mapa estelar...
Passei no caixa, paguei e me sentei no café quase explodindo de alegria.
 
Próximo Capítulo, A Recoleta.
 


Escrito por ªMor¢ega In The Night® às 21h25
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
Ainda o Dia 2:
 
- Do Zôo peguei outro taxi e fui para o Museu de Belas Artes. Adorei! Há uma coleção de pintores holandeses muito bacana, inclusive um Van Gogh. Além disso, tem Rodin, Monet, Cézanne, Manet, Renoir, Rembrant, um lindo Charles Chaplin, Degas, etc, etc.
Recomendo o passeio!
 
 
 
- Após o Museu, resolvi andar finalmente. Fui até o Pátio Bulrich atrás da lojinha do Teatro Colón, onde comprei um mouse pad e uma caneca (para a minha coleção). De lá, 18 quadras até o hotel. Como se anda naquela cidade!!
 
 
 
 
- No caminho, encontrei uma Papelera Palermo, aquela que ia me fazer atravessar a cidade para comprar papéis.
Foi uma tremenda sorte, mas não achei nada demais. Comprei 2 bloquinhos que virarão álbuns de fotos, com cara de scraap book.
 
 
Não quero um post-testamento, a outra parte da viagem contarei amanhã! Tem tantas fotos que anda meio difícil caber tudo aqui.
 
 
See you!


Escrito por ªMor¢ega In The Night® às 20h20
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
Dia 2 - continuação:
 
Da Galerias, peguei um taxi e fui para o Zoológico.
Achei que seria um programão, mas o dia, a neblina, os pobres animais nas jaulas, ah, sei lá.
 
Ele é muito bonito, muito bem cuidado, mas fiquei com dó.
Não quero abrir um debate sobre o assunto, mas valeu, como tudo que fiz por lá, porém não é a 'melhor coisa do mundo'.
Em partes eu acho que depois daquele post do Arnaldo no Parque Krueger, nenhum Zoo será o mesmo.
 
 
Não consegui ver os tigres brancos, pois estavam dormindo, assim me disse o tratador que limpava o espaço deles.
Eu penso que ele disse isso porque eu fiquei com uma cara inconsolável.
 
 
Há coisas engraçadas, como patos e um bicho que parece uma cotia grande e que ficam por toda a parte passeando.
 
 
Agora as fotos com legenda e interpretação:
 
Ele e Ela - The Ursos Polares e o Tédio
 
 
 
Suas Majestades, O Casal Condor e seu Palácio e Ninhos
 
 
 
A Turma dos Tássia e seu incrível bom humor
 
 
 
 
 
Sr e Sra Hipopótamos - ela e sua mansão e ele p**o da vida com a o serviço de limpeza
 
 


Escrito por ªMor¢ega In The Night® às 21h46
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




I'm back!
 
 
Muito diferente da minha viagem de dezembro passado, Buenos Aires mostra que é um lugar para estar.
Há tanto para se ver, ao mesmo tempo que há tanto para ver novamente, que a vontade é de estar lá todos os finais de semana.
Havia uma névoa que resolveu ficar por lá todos os dias, o que atrapalhou um pouco as fotos.
O mais incrível é que se você estava em uma ponta da 9 de Julho, você a via, porém que ia até a outra, ela sumia. Assim foi toda a 5a feira.
 
Vamos por partes, pois o UOL resolveu me encher a paciência hoje e já disse que excedi os caracteres:
 
Dia 1:
 
Desta vez deixei meu carro em Guarulhos. Faça as contas você também, pois no meu caso saiu a metade do preço que os taxis.
O vôo sem grandes problemas, saiu quase no horário.
Achei o hotel bom, mas a localização ruim. Não tão ruim, mas eu queria ficar na Recoleta.
 
 
Quando cheguei por lá, a noite vista da janela do hotel era assim, mas ainda saí e fui comer em um café que ficava na Praça do Congresso, a apenas 1 quadra do hotel.
 
 
Comi um filet gigantesco com uma montanha de fritas. Não fotografei este, mas o café sim!
 
 
Dia 2 - manhã:
 
- City tour - sim, eu faço city tour, mesmo já conhecendo a cidade. Acho que sempre escuto alguma coisa nova, já que mudam os guias e mudam os comentários.
 
 
 
 
 
- Almoço na Galerias Pacífico, onde recebi uma nota de 10 pesos falsa. Pois é, cuidado lá nunca é demais e a tonta aqui deu mancada.
Ali uma moça muito gentil me ofereceu lugar na mesa dela, já que estavam todos ocupados. A moça era brasileira e foi uma ótima cia.
Ela mora lá há 10 anos e demos boas risadas.
 
 
 
 


Escrito por ªMor¢ega In The Night® às 22h55
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 



Meu perfil
BRASIL, Mulher, de 36 a 45 anos, Animais, Gastronomia, Música, Cinema e Viagens
Histórico
Outros sites
  Minhas fotos organizadas.
  Fotos - por onde andei.
  Fotos! Espera, leva a senha: morcega
  O blog da Vix
  Mil dicas sobre a Grécia! As fotos são demais!
  Homem é tudo palhaço: engraçado pacas!
  O blog das Garotas.
  Minha casa antiga
  Viaje na Viagem - Dicas fantásticas e divertido pacas.
  Fotos incríveis e comentários idem das viagens do Arnaldo.
  Os meninos destemperados
  Carmen, a simpática espanhola viajante.
  O mundo pelos olhos do Jorge.
Votação
  Dê uma nota para meu blog